(C) Ara chloropterus, arara-vermelha-grande.

André Grassi Corrêa

Natural de Frutal-MG, o biólogo André Grassi Corrêa, iniciou a sua trajetória ornitológica durante a graduação, na Universidade
Estadual de Goiás.
Posteriormente, já completamente imerso e apaixonado pela ornitologia, dedicou-se a estudar por dois anos, o uso de habitat
e distribuição do pica-pau-do-parnaíba (Celeus obrieni) - considerada como uma das aves mais desconhecidas do Brasil, até a sua
redescoberta, apenas em 2006.
A conclusão do seu importante estudo culminou, com a obtenção do título de mestre, pela Universidade Federal do Tocantins e,
atualmente, André possui notável experiência no campo da ecologia e conservação das aves brasileiras.
Tive o privilégio de conhecê-lo durante um Congresso Brasileiro de Ornitologia, mas nossos laços de amizade foram estreitados,
durante uma expedição ornitológica na Amazônia. Assim como eu, Grassi, é um apaixonado por trabalhos de campo e não poderia
haver ocasião mais especial do que essa, para o início de uma grande amizade e parceria.
De lá pra cá, foram inúmeras expedições ornitológicas, em áreas remotas da Amazônia, incontáveis e memoráveis momentos
desfrutados na floresta. E é impossível não lembrar, quando juntos tivemos o raro privilégio de observar, gravar e fotografar, um
casal de Clytoctantes atrogularis (choca-de-garganta-preta), umas das aves mais enigmáticas da Amazônia.
A competência e a dedicação de André, são refletidas nas magníficas imagens, que ele nos presenteia nas páginas que se seguem.
É resultado de um trabalho realizado com paixão e técnica. Um verdadeiro deleite para os olhos de quem gosta de observar aves.
Bruno Rennó - Ornitólogo

Contatos:

André Grassi Corrêa: andregrassicorrea@gmail.com

:

AO - SERVIÇOS - LINKS