N.100 - Março/Abril (March/April) de 2001

 

Estrutura e organização de sinais complexos: o caso de Turdus rufiventris (Aves. Passeriformes, Turdinae)

Maria Luisa da Silva 

Resumo

O Sabiá-laranjeira Turdus rufiventris é uma espécie de pássaro conspícua e comum da fauna Neotropical. Seu canto melodioso e variado é o principal responsável pela sua popularidade no Brasil. O canto do Sabiá-laranjeira é um sinal de comunicação complexo, com função de reconhecimento específico, que apresenta variação inter e intra-individual. O repertório é representado pelos diferentes tipos de unidades constituintes do canto, as notas, que são emitidas em seqüências de imprevisibilidade variável e com uma ritmicidade regular, entre pausas mais longas que delimitam as frases. Cada indivíduo possui um repertório próprio, com diferentes tipos de notas emitidas em seqüências variáveis.

Na nossa amostra de gravações de 44 indivíduos diferentes provenientes de toda área de distribuição, identificamos e denominamos cada uma das 7826 notas emitidas com uma letra do alfabeto, além de medirmos seus parâmetros físicos. Aplicamos ferramentas matemáticas baseadas na teoria da informação e criamos um índice que integra os valores da entropia e ritmicidade do canto individual para amenizar a heterogeneidade da amostra e elucidar a magnitude da variação. Analisamos os dados de entropia de 2° momento, esquematizamos as seqüências e sintetizamos os resultados em análises de conglomerados para definir a estrutura e organização do canto.

Não obstante essas suas características que desafiam nossa compreensão acerca da comunicação animal, o Sabiá-laranjeira se reconhece como espécie, se comunica e estabelece todas as funções vitais necessárias de forma bem sucedida.

A teoria da informação, aplicada à estrutura e organização do canto de Turdus rufiventris, permitiu identificar o comportamento caótico desse sinal de comunicação, abrindo o caminho para futuras análises que demonstrem de forma mais clara a funcionalidade e codificação dos sistemas complexos de comunicação sonora.

Tese de doutorado defendida no dia 28 de março de 2001 no programa de Neurociências e Comportamento da USP. Orientador: Prof. Dr. José Roberto Castilho Piqueira

 

AO - SERVIÇOS - LINKS
Você pode enviar perguntas ou comentários sobre este site para ATUALIDADES ORNITOLÓGICAS.
Send mail to ATUALIDADES ORNITOLÓGICAS with questions or comments about this web site.
Última modificação (
Last modified): 10 março, 2014