N.172 - Março/Abril (March/April) de 2013

  

Capa, pág. 16 e 17: O fotógrafo de aves Rafael Bessa mostra um pouco do seu trabalho.

Cover, pages 16 and 17: Bird photographer Rafael Bessa shows a little of his work.



  
Sequência de indivíduos de Tabebuia heptaphylla, mostrando distribuição agregada, em área aberta pela ação do homem às margens da Rodovia Transpantaneira. Foto: R. Parrini. Sequence of Tabebuia heptaphylla trees showing clumped distribution in an area opened by man on the banks of Transpantaneira Highway. Picture: R. Parrini.

Pág. 4: Comportamentos de forrageamento das aves na exploração de recursos florais de Tabebuia heptaphylla (Bignoniaceae) no Pantanal de Mato Grosso, Brasil. Por Ricardo Parrini & José Fernando Pacheco.
Page 4: Foraging behavior of birds when exploiting floral resources of Tabebuia heptaphylla (Bignoniaceae) in the Pantanal of Mato Grosso, Brazil. By Ricardo Parrini & José Fernando Pacheco.

 Coruja-buraqueira, Athene cuniculari
a. Burrowing Owl, Athene cunicularia.


Pág. 8:
Novos registros da expansão geográfica de Athene cunicularia na Amazônia central com especial referência as atividades humanas. Por Felipe Bittioli R. Gomes, Marcelo H. Mello Barreiros & Thiago B. Krempel Santana.
Page 8: New records of the geographical expansion of Athene cunicularia in central Amazonia with particular reference to human activities. By Felipe Bittioli R. Gomes, Marcelo H. Mello Barreiros & Thiago B. Krempel Santana.


  Gavião-caramujeiro Rostrhamus sociabilis  jovem na área urbana do bairro de Santa Cruz. Foto: Ricardo A .G. Costa. Young Snail Kite, Rostrhamus sociabilis in the urban area of the Santa Cruz neighborhood. Picture: Ricardo A. G. Costa.

Pág. 11: Registros relevantes de aves para o município do Rio de Janeiro, RJ. Por Guilherme Alves Serpa, Ricardo Augusto Gomes da Costa, Ricardo Luís Gagliardi, Roberto Stenzel, Nicolau Thomson, Alfredo Heleno de Oliveira & Flávio Augusto Pereira Mello.
Page 11: Relevant bird records for the city of Rio de Janeiro, Brazil. By Guilherme Alves Serpa, Ricardo Augusto Gomes da Costa, Ricardo Luís Gagliardi, Roberto Stenzel, Nicolau Thomson, Alfredo Heleno de Oliveira & Flávio Augusto Pereira Mello.

  Cabeça-seca Mycteria americana registrado na Lagoa de Ubatuba, limite leste do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, município de Quissamã, RJ. Ave em voo.Foto: Davi C. Tavares. Wood Stork, Mycteria americana recorded at Lagoa de Ubatuba, eastern boundary of the Restinga de Jurubatiba National Park, city of Quissamã. Flying bird. Picture: Davi C. Tavares.

 Pág. 18: Registro documentado de cabeça-seca Mycteria americana no Norte Fluminense após 18 anos sem relatos de ocorrência. Por Davi Castro Tavares & Salvatore Siciliano.
Page 18: Documented record of Wood Stork, Mycteria americana in the north area of the state of Rio de Janeiro, Brazil, after 18 years without reports of its occurrence. By Davi Castro Tavares & Salvatore Siciliano.


Distribuição geográfica de Aegolius harrisii no Estado do Rio Grande do Sul (Modificado de Belton, 1994).  Geographical distribution of Aegolius harrisii in the state of Rio Grande do Sul (Modified from Belton, 1994).

Pág. 22: Primeiro registro documentado do caburé-acanelado Aegolius harrisii para a região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Por Suélen Almeida Garcia, Sílvia Regina Michel & Martin Sander.
Page 22: First documented record of Buff-fronted Owl, Aegolius harrisii for the metropolitan region of Porto Alegre, state of Rio Grande do Sul, Brazil. By Suélen Almeida Garcia, Silvia Regina Michel & Martin Sander.

 
Todirostrum cinereum e seu ninho, registrados em Vidal Ramos. Fotos: D. Meyer. Todirostrum cinereum and its nest, recorded in Vidal Ramos. Pictures: D. Meyer.

Pág. 24: Notas curtas- Primeiros registros de Todirostrum cinereum (ferreirinho-relógio) para o estado de Santa Catarina, Brasil. - Por Douglas Meyer.
Page 24: Short Notes. First records Todirostrum cinereum (Common Tody-Flycatcher) for the state of Santa Catarina, Brazil. By Douglas Meyer.


 Capa do disco "Passarim" (1987). Pintura de Elizabeth Jobim. Cover of the album "Passarim" (1987). Painting by Elizabeth Jobim.

Pág. 25: Seção livre. Tom Jobim e a natureza. Por Paulo Sergio (PS) Moreira da Fonseca.
"Free" Section.
Page 25: Tom Jobim and nature. By Paulo Sergio (PS) Moreira da Fonseca.


   Bem-te-vi (Pitangus sulphuratus) observando ariranha (Pteronura brasiliensis) comendo um peixe no Pantanal Matogrossense
. Great Kiskadee (Pitangus sulphuratus) watching a Giant River Otter (Pteronura brasiliensis) eating a fish in the Pantanal of the state of Mato Grosso, Brazil.
 


Pág. 26: Seção livre. De olho no repasto das ariranhas (Pteronura brasiliensis). Por Francisco Mallet-Rodrigues.
Page 26: Eyeing the meals of Giant River Otters (Pteronura brasiliensis). By Francisco Mallet-Rodrigues.




Pág. 28: Tecnaturalista: Primoaprille. Por Guto Carvalho.
Page 28: Tech-naturalist!: Primoaprille. By Guto Carvalho.

Pág. 29: AOONLINE:

Page 29: AO ONLINE:

 Parque Estadual da Cantareira. Cantareira State Park.

Interação entre aves frugívoras e plantas no Parque Estadual da Cantareira, estado de São Paulo. Por Karen Gonçalves Ikuta & Flávia de Campos Martins.
Interaction among frugivorous birds and plants in Cantareira State Park, state of São Paulo. By Karen Gonçalves Ikuta & Flavia de Campos Martins.
  
 
Uma Elaenia verde: você se arriscaria a identificá-la? Foto: Sergio Gregorio. A green Elaenia: will you risk identifying it? Picture: Sergio Gregorio.
.
Um incômodo consenso: estudo de caso sobre Elaenia. Por Fernando C. Straube.
An uncomfortable consensus: a study case on Elaenia. By Fernando C. Straube.

 
Área de estudo com a localização dos ambientes amostrados e a disposição das transecções percorridas mensalmente. Mapa feito a partir da base cartográfica do Google Earth Plus (versão 4.1.70807.5048 – Beta) em 27 de outubro de 2008. Study area with the location of the study sites and the arrangement of the transects covered monthly. Map made from the cartographic base of Google Earth Plus (version 4.1.70807.5048 - Beta) on October 27, 2008.

Aves em um mosaico de ambientes costeiros no sul do Brasil. Por Iury A. Accordi & Sandra M. Hartz.
Birds in a mosaic of coastal environments in southern Brazil. By Iury A. Accordi & Sandra M. Hartz.


Pág. 30: Rápidas. Notícias da SOB.
Page 30: Section "Brief news". Also, news from Ornithological Society Bandeirante.
Entre outros assuntos a seção Rápidas apresenta:
Among other topics, the "Brief news" Section presents:

 
Cyanopsitta spixii. Foto: Fundação Loro Parque. Cyanopsitta spixii. Picture: Loro Parque Foundation

A Fundação Loro Parque repatria mais quatro ararinhas-azuis para o Brasil.
Por Dr. David Waugh ( Diretor da Fundação Loro Parque)
Em abril de 2013, mais quatro ararinhas-azuis (Cyanopsitta spixii) foram transferidas do centro de criação especializado da Fundação Loro Parque, em Tenerife, Espanha, ao seu país natal, o Brasil, numa repatriação que contribui para a recuperação desta emblemática espécie de psitacídeo. Funcionários da agência governamental brasileira competente, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), acompanharam os espécimes na sua viagem ao Brasil e, posteriormente, os quatro exemplares passaram com êxito pela quarentena, e agora estão alojados nas instalações da NEST, outro centro autorizado para manter esta espécie. As ararinhas-azuis transferidas da Fundação Loro Parque incluem espécimes criados neste centro de criação, e todos os exemplares são propriedade do governo do Brasil, que supervisiona o programa de recuperação oficial. Em 1997 a Fundação Loro Parque devolveu a propriedade de todas as suas ararinhas-azuis ao Brasil, sendo a única organização fora do Brasil que o fez.
The Loro Parque Foundation repatriates four more Spix's Macaws to Brazil.
By Dr. David Waugh (Director of the Loro Parque Foundation)
In April 2013, four more Spix's Macaws (Cyanopsitta spixii) were transferred from the specialized breeding center at Loro Parque Foundation in Tenerife, Spain, to their native country of Brazil, a repatriation that contributes to the recovery of this iconic species of parrot. Officials from the Brazilian government agency, the Chico Mendes Institute for Biodiversity Conservation (ICMBio), accompanied the specimens in their trip to Brazil. Then the four specimens successfully passed the quarantine and are now housed in the premises of NEST, another center authorized to keep this species. The Spix's macaws transferred from the Loro Parque Foundation include specimens raised at this breeding center and all individuals are owned by the Brazilian government, which oversees the official recovery program. In 1997, the Loro Parque Foundation returned the ownership of all its Spix's macaws to Brazil, the only organization outside Brazil that did this.

Tal como as transferências anteriores, esta última repatriação é muito importante porque a ararinha-azul está, quase seguramente, extinta na natureza, por isso só pode ser recuperada pela criação em cativeiro e posterior liberação no meio silvestre. A população cativa gerenciada pelo programa oficial atinge 79 exemplares, que é uma população muito pequena para se trabalhar a recuperação. Endêmica da região seca do norte do estado da Bahia, a população silvestre original ocupava o hábitat limitado à bacia do rio São Francisco, que agora se encontra reduzido consideravelmente em sua extensão. A população silvestre da ararinha-azul, nunca considerada ampla, diminuiu pela perda de hábitat e pela eliminação de aves pelo comércio clandestino. O último exemplar selvagem, um macho acasalado com uma maracanã-veradeira (Primolius maracana), desapareceu em 2000.
As in the previous transfers, this last repatriation is very important because the Spix's Macaw is almost certainly extinct in the wild, so it can only be recovered by captive breeding and subsequent release into the wild. The captive population managed by the official program reached 79 individuals, which is a very small population for the recovery effort. Endemic to the dry region of the northern part of the state of Bahia, the original wild population occupied habitat limited to the São Francisco river basin, which is now considerably reduced in extent. The wild population of Spix's Macaw, never considered large, decreased by habitat loss and the removal of birds by the illegal trade. The last wild specimen, a male, mated to a Blue-winged Macaw (Primolius maracana), disappeared in 2000.
A Fundação Loro Parque e o Loro Parque foram fundamentais na luta para salvar a ararinha-azul desde a primeira reunião organizada para este fim em Tenerife, em 1987. A próxima reunião chave foi realizada em Lausanne, Suíça, por ocasião da 7ª Conferência das Partes da CITES (Convenção Sobre o Comércio de Espécies Ameaçadas da Fauna e Flora Silvestres), que, além do Loro Parque, contou com os representantes do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis), TRAFFIC América do Sul, a Secretaria do CITES e várias autoridades nacionais do CITES. Esta reunião deu lugar à formação do Comitê Permanente para a Recuperação da ararinha-azul (CPRAA). Presidindo o CPRAA, em 1990 o governo brasileiro aceitou como legal, sem tentar confiscar, os exemplares que os mantenedores acordaram em manejar sob as condições do programa oficial de recuperação (através da CPRAA), que excluiu completamente o comércio. Apesar de outros mantenedores terem falhado em alguns aspectos ao longo dos anos no seu compromisso com estas condições, a Fundação Loro Parque tem cumprido sua obrigação e contribuído plenamente com o programa de recuperação.
The Loro Parque Foundation and the Loro Parque and were instrumental in the fight to save the Spix's Macaw, from the first meeting held for this purpose in Tenerife in 1987. The next key meeting was held in Lausanne, Switzerland, on the occasion of the 7th Conference of the Parties of CITES (Convention on International Trade in Endangered Species of Wild Fauna and Flora), which, in addition to the Loro Parque, featured representatives from IBAMA (Brazilian Environment and Renewable Natural Resources Institute), TRAFFIC South America, the CITES Secretariat and the various national authorities of CITES. This meeting led to the formation of the Standing Committee for the Recovery of the Spix's Macaw (CPRAA). Presiding over CPRAA, in 1990 the Brazilian government declared legal (not liable to confiscation) the individuals belonging to maintainers that agreed to manage the animals under the terms of the official recovery program (through CPRAA), which completely excluded the trade. Though other maintainers have failed in some respects over the years in their commitment to these conditions, the Loro Parque Foundation has fulfilled its obligation and fully contributed to the recovery program.
Este compromisso incluiu desde 1990, em colaboração com o IBAMA, a experiência e os recursos financeiros dedicados à proteção do último macho silvestre da ararinha-azul e seus remanescentes de hábitat. Estas múltiplas atividades de recuperação, incluindo a soltura de uma fêmea da ararinha-azul (que posteriormente desapareceu) e a liberação piloto de um grupo de maracanãs, foram possíveis com mais de US$ 700.000,00 patrocinados pela Fundação Loro Parque. Mesmo assim, durante todos estes anos a Fundação Loro Parque tem suportado os gastos de manutenção e a criação de ararinha-azul em Tenerife, num centro isolado especializado que foi construído exclusivamente para esta espécie, para garantir sua completa segurança física e biológica.
This commitment included, since 1990 and in collaboration with IBAMA, experience exchange and financial resources devoted to the protection of the last wild male Spix's Macaw and the remaining habitat. These multiple recovery activities, including the release of a female Spix's Macaw (which later disappeared) and the release of a pilot group of Blue-winged Macaws, were made possible by funds totaling US$ 700,000.00 sponsored by the Loro Parque Foundation. Moreover, all these years the Loro Parque Foundation has supported the upkeep and the Spix's Macaw breeding program in Tenerife, in an isolated and specialized center that was built exclusively for this species to ensure its full physical and biological safety.
O compromisso da Fundação Loro Parque para a sobrevivência continuada da ararinha-azul é acompanhado pela sua dedicação na proteção de muitas outras espécies de psitacídeos ameaçados em todo o mundo. Isto inclui outra arara muito ameaçada e endêmica do Brasil, a arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari), em colaboração com a ICMBio. Desde sua criação, a Fundação Loro Parque tem financiado 96 projetos com mais de US$ 13.750.000,00 e continua apoiando 35 projetos em 2013 com mais de US$ 1.150.000,00.Cover, pages 16 and 17: Bird photographer Rafael Bessa shows a little of his work.
The Loro Parque Foundation's commitment to the continued survival of the Spix's Macaw adds up to its dedication to protect many other threatened parrot species worldwide. This includes another very threatened macaw endemic to Brazil, the Lear's Macaw (Anodorhynchus leari), in collaboration with ICMBio. Since its inception, the Loro Parque Foundation has funded 96 projects worth over US$ 13,750,000.00 and continues to support 35 projects in 2013 worth over US$ 1,150,000.00.

 Versão em inglês: Dimas Pioli / English version: Dimas Pioli



Veja: NOVIDADES

AO - SERVIÇOS - LINKS
Você pode enviar perguntas ou comentários sobre este site para ATUALIDADES ORNITOLÓGICAS.
Send mail to ATUALIDADES ORNITOLÓGICAS with questions or comments about this web site.
Última modificação (
Last modified): 25 janeiro, 2017