Jacamerops aureus, jacamaraçu. AO 177

O fotógrafo Bruno Rennó

Foi na manhã fria do dia 22 de agosto de 1998, que dois meninos, de 15 e 13 anos, se aventuravam em sua primeira passarinhada, incentivados e acompanhados por um biólogo e dedicado observador de aves.

Aquela manhã mudaria a vida dos dois para sempre.

Nada de jogador de futebol, bombeiro ou astronauta.

Depois daquele dia decidiram juntos que quando crescessem queriam ser ornitólogos.

Um dos meninos é o autor das fotos que ilustram essa página, Bruno Rennó.

O outro é esse que vos escreve.


Bruno e eu já éramos melhores amigos antes desse episódio que ditaria o rumo de nossas vidas e lá se vão quase 16 anos de muitas peripécias atrás de passarinho e ainda mais tempo de uma amizade eterna.

Estou certo que todos que o conhecem concordam que lhe cabe bem a imagem do “gigante gentil”.

No entanto, não é preciso conhecê-lo pessoalmente para saber que sua competência profissional, amplamente reconhecida, é ainda maior que seu coração.

Não sou apenas eu, amigo e profundo admirador do seu trabalho, que afirmo isso.

Sua fama o precede e não há ornitólogo de campo em atividade no Brasil que desconheça o nome Bruno Rennó.


Sua habilidade ornitológica não possui fronteiras geográficas ou funcionais.

Seja nos confins da Amazônia ou no coração da Mata Atlântica, ele está sempre atento à vocalização mais discreta e a qualquer vulto nas sombras das copas; identifica, grava e fotografa absolutamente tudo que cruza o seu caminho.

As fotos nestas páginas são uma tênue amostra dessa habilidade e ajudam a ilustrar porque, como amigo de vida e de profissão, tenho tanto orgulho de ter acompanhado sua trajetória desde aquela manhã fria de agosto.


Luciano Moreira Lima.

 

Mais http://brunoornitologia.webs.com/

 

AO - SERVIÇOS - LINKS
Você pode enviar perguntas ou comentários sobre este site para ATUALIDADES ORNITOLÓGICAS.
Send mail to ATUALIDADES ORNITOLÓGICAS with questions or comments about this web site.
Última modificação (Last modified): fevereiro 23, 2014